Monday, February 05, 2007

a ti meio eu.

devem fazer por agora cinco anos, desde que te enviei aquele email.
nele, te dizia, com carinho e doçura, que entendia o sentimento de se afastar para poupar o outro. de se afastar de alguem, por achar que estar longe é melhor para o outro.
voce chorou nesse dia. me escreveu as linhas mais lindas que ja alguem me escreveu.
hoje, mal temos contato. e contra toda instituição, começou de ti o meu não pertencimento.

lembrei desse email, enquanto lavava a louça e pensava que minha gata já está sumida há dois dias.
"será que encontrou outra casa?" pensei "talvez ela fosse mais feliz em outro lugar".
e teu email me tomou de assalto, quase como um soco.
talvez pareçam bonitas as palavras que trocamos aquele dia, mas hoje, me enervam profundamente. e mesmo essas, sobre minha gata. não te parece que soam algo como falso altruísmo?
"farei isso porque é melhor pra voce. e o amor..." ora. seriam fáceis as coisas se fossemos nós todos tão altruístas.
acho que foste embora porque tinha medo.
e eu, quando entendi, fui também, pelo mesmo motivo.
afinal, que mal poderias me fazer maior que este de nunca ter estado perto?
culpamos um ao outro.

lembro do carinho das minhas palavras tristes daquele dia.
lembras tambem, por certo.
engraçado como agora o amor que sinto por você ainda tão latente vem vazio de carinho. como nao sinto carinho por voce. como nao choro mais todos os abraços e as palavras de amor que nunca me destes.
errei em te exigir tanto o que nao podias me dar, nao é?
e voce, assim como aquela na qual eu estava me transformando e tento reagir, tao acustumado a ser cobrado por caber em potes etiquetados que nao cabia, nao esperava mais que isso.

nao te exijo mais nada.
e triste, por nao saber como fazer tanto quanto voce, me afasto.

mas a gente nao sabe quem é voce, me disse um dia.
eu sorri.
ainda serei eu no jantar.
e já a noite, voce mudou de assunto.

ah e se voce deixassse eu te dizer como voce fudeu a minha vida.
e ah se eu pudesses escutar de ti que me amas.

0 Comments:

Post a Comment

<< Home