Saturday, October 21, 2006

sobre ter a casa suja.

xícaras, panelas, garfos, facas, copos, taças e restos de comida.
tudo de ontem, ou anteontem exposto, esperando pra ser jogado fora.

panos limpos, desinfetante! e limpar a mesa que leva tantas marcas.
tantas marcas, suspirou.

um dia houvera uma festa, onde tantas pessoas alegres dançavam pelo longo salao de madeira, que hoje, encontra-se sem pes, sem sapatos jogados ou casacos pelo sofa.
ficou apenas a poeira. e as manchas.

limpar a casa pode ser algo bem difícil, pensou ela.
e com preguiça se recostou na cama.

lembrou da festa, de como dancava. deus, como dancava!
levantou-se e lavou uma xicara. Uma apenas.

de algum lugar se deve começar.

0 Comments:

Post a Comment

<< Home