Wednesday, October 18, 2006

Don’t make me sad, pensou ela.
Diria isso a ele ou a ela mesma?
Vibrator as vezes me vem a noite.
Junto com um montão de outras coisas. E os queijos, torradas e vinhos que temos tomado.

Tem sido importante conviver com Julia. Somos muito diferentes, as vezes nos irritamos, mas de alguma forma, fazemos por nos aceitar. Não e sempre fácil, mas, acho que estamos começando a entender os limites de cada uma. Hoje foi agradável. Passamos o dia todo dentro de casa.
Primeiro eu fiz o almoço.
E me permiti experimentar. Provei todos os temperos, pensamos a mistura juntas.
E enquanto olhava pra frigideira me dei conta, que era a primeira vez que cozinhava coisas grandes. Sempre cortei tudo pequeno.
Hoje fiz files de frango com shitakes imeensos, no shoyo e alecrim. E outras coisas.
Sorri ao ver o resultado.
E aqueles shitakes deliciosos, enormes, céus.

Me senti dando um passo.

Depois, ficamos por 6 horas direto trabalhando no roteiro. Cena a cena. Levantando questões, pensando conceito. Chegamos ao meio, e já agora pouco julia foi dormir porque estava exausta.
Intensivo amanha denovo, queremos entregar a Avellar 3a de manha o tratamento modificado.


Estou absolutamente viciada em kings of convenience.

E mandei um email a uma amiga que se faz cada vez mais querida.

0 Comments:

Post a Comment

<< Home